Netotin do NETOIN!

Um espaço para amigos…

Netotin falando de: Jinrui!

Netotin fica igual às fadas quando não tem marshmallows…

Netotin não é de ficar comentando sobre animes, assim, abertamente. Não é da natureza do mascote ficar falando um monte de ~blablabla sobre aquilo que gosta (preferencialmente, longe do dono). Mas deste anime Netotin vai ter que falar, pois ele é o resumo de uma das coisas que o mascote mais gosta: fofurice. Yay!!! Simplesmente Netotin viu e não acreditou no que viiu… Como isso é possível? ~hum…

Aham! O anime que deixou o mascote tão perplexo se chama Jinrui wa Suitai Shimashita. Ei, espere aí: este nome está muito longo! ~humhum… Então, Netotin o chamará igual às pessoas do Twitter o tem chamado, de Jinrui! ~netin! O primeiro episódio do anime foi de muita apresentação, onde apareceram várias moças, muitas fadinhas e até um pão!

O pão, no papel de: Pão.

A moça é Mediadora da Comissão de Conciliação das Nações Unidas, em um mundo no qual os humanos estão diminuindo de quantidade (Netotin cansa de falar que não entende os humanos). Neste mundo, a comida está escassa (digamos, a carne) e há poucas regiões realmente habitáveis em razão disto. Esta moça de cabelo rosa foi eleita Mediadora por poder se comunicar legal com as fadas, que são pequenos seres que estão “em alta” neste estranho mundo… ~humhum… Netotin teve certo medo das fadas, pois elas ficam todo o momento com as bocas abertas… ~gulp! Hã… Você não tem medo do Netotin (pois o mascote não tem boca), não é mesmo, visitante? ~brrr…

Todo o episódio se encaminhou desta forma, onde a Mediadora e um vovô da aldeia foram atrás de uma solução para o problema da falta de carne (Netotin chamou assim, tá?). O momento mais bizarro do episódio foi ainda antes da menina e do vovô começarem a andar: todos estavam procurando por galinhas que fugiram e, de repente, apareceu uma galinha na frente de todos! ~humhum… Mas ela estava sem penas, sem cabeça, sem as patas… ~gulp! Era uma verdadeira galinha assada ambulante! ~aiaiai…

Em uma estranha fábrica, a menina e o vovô (não é vô dela, mas sim uma pessoa já de idade avançada, ok?) viram como alguns alimentos eram produzidos em larga escala industrial, moderna e surreal. Além do recepcionista não havia nenhum outro humano… Mais tarde, apareceu um robô. Um robozinho até simpático, em forma de pão. O nome dele? Era Pão! Netotin não está mentindo! ~humhum…

A Mediadora parece não acreditar no que vê…

Muito embora o Pão fosse simpático, ele acabou cometendo um ato horrendo, que deixou Netotin traumatizado! ~brrr… Ufa! Tirando isso, o primeiro episódio de Jinrui foi muito divertido, contando com personagens bacanas, uma dança de abertura que Netotin tentará fazer algum dia, fadinhas que só sabiam ficar com as bocas abertas (mas bem legais) e ele, o Pão. Yay!!!

O anime misturou elementos bem interessantes… Netotin viu muitas cores: muitas, muitas, muitas cores. Todas elas em cenários que misturavam a simplicidade e o psicodélico (o dono mandou Netotin usar desta última palavra). Uma história que parece ser bem bobinha e infantil mas que, em alguns momentos, deixou Netotin bem pensativo e até com medo (culpa do Pão, aquele feio). O que virá pela frente? Ninguém sabe…

~netin!

Anúncios

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: